CSS Drop Down Menu by PureCSSMenu.com

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

O Hobbit: A desolação de Smaug - Crítica


Eu sou o fogo... Eu sou a morte.

O Hobbit - A desolação de Smaug é nada menos que perfeito em todos os aspectos. Sequências de ação inteligentes e divertidas com um roteiro que prende sua atenção até o último segundo do filme. Sem falar no dragão... meu Deus... aquele dragão.


Diferente do antecessor, A desolação de Smaug, reflete a ganância do dragão em cada um dos núcleos de personagens, tornando o enredo do longa algo mais sombrio e adulto. Podemos ver claramente essa mudança em Bilbo, agora portador do anel, que age de forma diferente as pessoas e ameaças ao seu redor. O desejo de Thorin pelo seu ouro e reinado torna-se mais aguçado. A adição de Legolas e da Elfa Tauriel trás um encanto e dinamismo maior para cada cena em que os dois aparecem. A destreza élfica está mais impressionante que nunca e quando eles entram em ação é algo de tirar o fôlego. Sem comentar a excelente, porem curta atuação de Lee Pace como Thranduil, rei do norte da Floresta das Trevas. A passagem do grupo de aventureiros por Mirkwood e pelo reino élfico rende duas espetaculares cenas de ação que só são superadas por Smaug.


O dragão rouba a cena, tanto por sua perfeição gráfica quanto pela atuação e vozeirão excepcional de Benedict Cumberbatch (Khan, de star trek além da escuridão), que gera arrepios pavorosos na espinha. Smaug é de longe o Dragão mais perfeito e ameaçador já criado na história do cinema. Impressionante é pouco. Qualquer guerreiro de nível 99 borraria o gibão só de escutar a voz daquele dragão.


A qualidade gráfica alcançada em A desolação de Smaug é tremenda, mas é lamentável que a maioria dos cinemas nacionais pareça pangarés abandonados com seus projetores analógicos caquéticos em embaçados. Quando conferido em IMAX 3D (um pouco mais caro, mas vale cada centavo), podemos apreciar totalmente a experiência criada por Peter Jackson, Guillermo Del Toro e Cia, ali podemos ver o relevo de cada moeda do colossal monte de ouro sob a montanha, uma beleza sem igual. Porem o mais impressionante, é que se em qualidade digital o filme é perfeito, em 48fps essa perfeição salta para duzentos por cento, algo de explodir a cabeça, tornando impossível pegar todos os detalhes em uma ou duas assistidas. Cada cena e detalhe foram muito bem pensados. Se existe um limite entre fantasia e realidade Peter Jackson conseguiu destruir essa barreira e fez o espectador viver a terra média.



A canção de encerramento I See Fire de Ed Sheeran é épicamente fodônica, digna da lágrima do anão mais Macho.


Roteiro  *****
Efeitos   ******
Elenco   *****
Trilha    ******
Replay  ******

Nota: 5,6 / 5

Confira o Trailer:



sábado, 23 de novembro de 2013

Biting Elbows: Bad Motherfucker - O Clipe Mais Foda de Todos os Tempos!


Cara, sem palavras para descrever a genialidade do clipe Bad Motherfucker da banda Biting Elbows. Prepare-se para muito tiroteio e pancadaria com uma pitada de ficção-ciêntífica:


Gostou? Assista o Prequel, The Stampede, abaixo:



Créditos: Guilherme Ferreira Garcia


sábado, 19 de outubro de 2013

Hitler Descobre o Preço do PS4 no Brasil




terça-feira, 13 de agosto de 2013

ETERNA - O Trailer da Sua Vida!


Eterna é um vídeo em formato de trailer, embalado por uma música fodôna e com cenas épicamente fodásticas de 99 filmes destruidores. Esse vídeo faz qualquer nerd cinéfilo ter sonhos molhados.
Ageite-se na cadeira, aumente o som, aperte o play e prepare-se para receber o toque de orgasmotron em 3... 2... 1...


Dirigido por: Vadzim Khudabets

Músicas:
Shockwave Sound - Call For Heroes (Rock Mix)
Shockwave Sound - Fatal Fight (Rock Mix)
Les Friction - World On Fire
Immediate Music - Falling Skies
Pfeifer Frankfort - Valentine
Two Steps From Hell - Breathe

Confira a lista de filmes aqui.

Download do vídeo em Full HD (1080p), aqui.


PostHuman - Curta Fodônico


 Situado em um futuro cyberpunk repleto de espiões, assassinos e uma super ciência fora de controle, Posthuman segue um hacker gênio e seu cachorro que resolvem ajudar uma jovem enigmática entidade digital a libertar um objeto de teste em um laboratório secreto.




Violência, muito sangue e um final surpreendente, Confiram:



sábado, 10 de agosto de 2013

Pacific Rim: Círculo de Fogo - Crítica


Um filme que todo garoto criado a Jaspion e Changeman sempre quis ver.

O Robô Guerreiro foi lá conferir em IMAX um dos filmes mais esperados do ano e podemos resumi-lo em uma única palavra: Espetacular.

Esse é filme é um presente de Deltoro a toda pessoa que um dia curtiu qualquer um dos mais clássicos seriados japoneses dos anos 80 e 90, ou seja, toda pessoa que teve a sorte de ter uma ótima infância.

Os cinco primeiros minutos já são o suficiente para levar a horda de nerds ao orgasmo e é apenas uma degustação do quebra pau que vem pela frente. Pancadaria que começa no mar se arrasta até a cidade e tem seu desfecho no espaço (outro orgasmo).


O roteiro é simples e competente, todos os aspectos do filme atingem e, em certos pontos superam, as expectativas, como os efeitos visuais, belíssimos.

Os acontecimentos fluem naturalmente e de forma tão empolgante que nem sentimos passar os cento e trinta e um minutos do longa, deixando um ar de quero mais.

A expectativa e satisfação são constantes, acontece com uma ordem de pressionar um botão (Soco foguete) e termina com a alegria de um soco bem dado na fuça de Kaiju.


O elenco é carismático e Idris Elba faz uma de suas melhores atuações. A dupla, Charlie Hunnam e Rinko Kikuchi, não fica atrás e a conexão neural entre os dois é quase palpável até mesmo na atuação (a luta com bastões é incrível). O alívio cômico está bem presente, mas na dosagem exata e nos momentos certos.


Os gigantes mecânicos, Jaegers, não são iguais aos autobots de transformers, eles são pesados e lentos a ponto de fazê-lo agarrar-se na poltrona e prender a respiração. É possível ter a sensação de peso de cada passo dos robôs. Já os Kaijus, os monstros, são um pouco mais ágeis e por vezes um pouco maiores que o esperado, gerando certa desvantagem para os humanos, que por um simples desvio de atenção podem perder a batalha e a vida.


A referência aos clássicos: super sentais, tokusatsus, animes e derivados transborda da tela em um tsunami de referências e analogias, até mesmo o corte de cabelo de Mako (Rinko Kikuchi) me lembrou o de Motoko Kusanagi, a Major do Anime Ghost in the Shell.


Vale ser conferido em digital, de preferência em IMAX, é uma pena que não esteja disponível em todas as salas IMAX de São Paulo. A conversão do 3D é muito bem trabalhada e podemos perceber até três ou quatro planos de profundidade: a pancadaria comendo solta; os prédios; a chuva caindo e um pequeno helicóptero voando fora da tela, acompanhando o combate.

Se quando criança você, assim como eu, despirocava em séries como Jaspion, Jiraya, Changeman, Ultraman, Nacional Kid, Espectreman e até mesmo os provenientes Power Rangers, cara, esse filme é para você, um sonho que sempre quis ver realizado em tela grande. Senti-me assistindo um dos mais épicos episódios de Changeman, por pouco mais de duas horas voltei a ser criança, vibrei e suei na poltrona com cada golpe de proporções colossais que era deferido em um Kaiju. Vale a pena ser conferido em tela grande, afinal, quem não quer voltar, mesmo que por pouco tempo, aos bons e velhos tempos de infância?

Roteiro: ****
Efeitos: *****
Elenco: *****
Trilha: *****
Nota: 4.7/5



Trailer épico de Pacific Rim: 




terça-feira, 6 de agosto de 2013

The Flying Man - O Espetacular Curta Brasileiro


The Flying Man nasceu a partir de um projeto do roteirista Henry Grazinoli (Macbeto - 2012) e do técnico em efeitos especiais Marcus Alqueres (300, Planeta dos Macacos: a Origem, As Aventuras de Tintin). Os dois resolveram fazer um filme sobre um super-herói não identificado, que tem seus próprios critérios para julgar quem merece ser considerado um criminoso e condenado a morte. Tudo com consequências realistas e a mídia sensacionalista criando todo o "tradicional" alarde contra o vigilante.

Os efeitos especiais são tão impressionantes que atraíram a atenção de Joe Quesada, diretor criativo criativo da Marvel Comics, que ficou “sem palavras” ao ver o vídeo. Toda essa babação de ovo aumentou a especulação de que o projeto pode ser transformado em longa-metragem.

Confira a obra dos fanfarrões, com legendas em português e deixe seu comentário:


E então, merece um longa-metragem?


Ender's Game: O Jogo do Exterminador - Trailer


A adaptação do livro homônimo, clássico da ficção-ciêntífica, do escritor Orson Scott Card
ganha seu segundo e frenético trailer, confira:


Previsão de lançamento para 1º de novembro aqui no Brasil.

sábado, 3 de agosto de 2013

Assassin's Creed 4 - Vida Real na Comic Con


Vídeo simplesmente do C@$%#*, com uma trilha de arrepiar. Se o filme da Ubisoft tiver metade da qualidade desse curta estamos no lucro. Assista essa maravilha:



sexta-feira, 26 de julho de 2013

The Last of Us: Official Fan Film


Assista o curta metragem do game The Last of Us, feito por fãs. Excelente trabalho da produtora Iron Horse Productions. Esse merecia um longa-metragem da Sony, o que acham?



segunda-feira, 8 de julho de 2013

Skyrim - Lindsey Stirling & Peter Hollens


Video-clipe não oficial da Música tema do Game Skyrim, tocada ao som do violino da talentosa Lindsey Stirling e na voz de Peter Hollens. O vídeo tem mais de 23 milhões de Views, merecidas. Simplesmente fantástico!

 


terça-feira, 11 de junho de 2013

O Hobbit: A Desolação de Smaug - Trailer


Confira o aguardado trailer da segunda parte da aventura:



Battlefield 4 – Gameplay Fodástico E3




Titanfall – Trailer E3




Ryse: Son of Rome – Trailer E3




Dark Souls 2 – Trailer E3




Dead Rising 3 – Trailer e Gameplay E3





Tom Clancy's The Division – Trailer e Gameplay E3







inFamous Second Son – Trailer Devastador E3




Destiny – Impressionante Gameplay E3





Mirror's Edge 2 – Game Trailer E3




Killer Instinct – Game Trailer E3




Metal Gear Solid V: The Phantom Pain – Game Trailer E3




Halo – Game Teaser Trailer E3




Mad Max – Game Teaser E3




Final Fantasy XV – Impactante Trailer da E3




domingo, 9 de junho de 2013

Dragon Quest Caboclo - ÉPICO!


Uma paródia super criativa em homenagem a FAROESTE CABOCLO, de Renato Russo.


Letra: Marcos Castro

Voz: Matheus Castro

Pixel Art: Caio Yo

Layout de Cenários: Caio Yo / Thadeu Canaes

Edição, Animação e Finalização: Ronnie Pedra / Renato Rossarola

Banda: Bit.Players
Arkady Zalkowitsch / Bruno Menezes / Daniel Braga / Marcondes Monteiro

Produção Musical, Mixagem e Masterização: Bruno Menezes

Canal


sábado, 8 de junho de 2013

Dying Light - Trailer

robô guerreiro


Dying Light, game dos criadores de Dead Island, ganha trailer ao som de woodkid, run boy run, confira:


O jogo será lançado para os videogames atuais, o PlayStation 3 e o Xbox 360, mas tem previsão de chegar para o Xbox One e o PlayStation 4, além do PC, em 2014.
Confira também o belíssimo clipe original de Woodkid, run boy run e faça o download da música:


Woodkid - Run boy run - Download



segunda-feira, 20 de maio de 2013

Batman: Arkham Origins Trailer Official completo!!


Sensacional esse trailer, estou sem palavras, a data de lançamento do game  é dia 25 de Outrbro!
Como já havia falado o game se passa antes dos dois primeiros games, onde Batman ainda é muito jovem e os grandes vilões clássicos ainda estão surgindo, Batman no inicio da carreira, jovem e provavelmente "imaturo" no seu modo de "trabalhar" será uma abordagem bem interessante do Morcegão, acredito que veremos ele cometendo erros...

O novo game não esta mais sendo desenvolvido pela Rocksteady Studios agora quem comanda a bagaça Warner Bros. Montreal. Ao que tudo indica Máscara Negra será um grande chefão do crime e oferece uma recompensa milionária para aquele que matar Batman, isso mobiliza todos os criminosos, policiais corruptos e claro os Super - Vilões de Ghotam!!!



sexta-feira, 17 de maio de 2013

Batman Arkham Origins: Teaser trailer belíssimo!!

Cara que foda esse teaser em Live Action!!
O trailer completo Oficial sai dia 20 de maio e a data de lançamento do game  é dia 25 de Outrbro!!

Como já havia falado o game se passa antes dos dois primeiros games, onde Batman ainda é muito jovem e os grandes vilões clássicos ainda estão surgindo, Batman no inicio da carreira, jovem e provavelmente "imaturo" no seu modo de "trabalhar" será uma abordagem bem interessante do Morcegão, acredito que veremos ele cometendo erros...
O novo game não esta mais sendo desenvolvido pela Rocksteady Studios agora quem comanda a bagaça Warner Bros. Montreal. Ao que tudo indica Máscara Negra será um grande chefão do crime e oferece uma recompensa milionária para aquele que matar Batman, isso mobiliza todos os criminosos, policiais corruptos e claro os Super - Vilões de Ghotam!!!


quinta-feira, 16 de maio de 2013

Pacific Rim: Novo trailer sensacional!!!!


Eu pensei que o trailer anterior tinha sido o melhor, mas eu estava errado!!
No futuro criaturas gigantescas conhecidas como Kaiju, maiores que prédios de 30 andares, ameaçam destruir o mundo, devastando e deixando em ruínas todas as cidades onde passam, esses seres gigantes se tornam um inimigo mortal da humanidade. Diante desta monstruosa ameaça apocalíptica, os governos da Terra se unem em armamentos e todo tipo de tecnologia para criar as únicas armas que capazes enfrentar esses monstros colossais: Robôs Gigantes.

Infelizmente por algum motivo absurdo o filme vai se chamar Circulo de Fogo aqui no brasil, nos E.U.A o filme estréia dia 12 de julho de 2013 e aqui no Brasil dia 9 de agosto

Novo Trailer de V/H/S/2!!

Na verdade essa sequência de V/H/S pretendia se chamar S-V/H/S, mas ao que tudo indica mudaram de ideia.
A sinopse que existia já perece não ser a mesma e deixa o público com mais dúvidas quanto a trama inicial do longa...
 A única certeza até o momento é que teremos os mesmos 6 diretores do primeiro V/H/S, e os mesmos prometem, mais horror, gore e insanidade, e pelo belo trailer a insanidade vai ser forte!!!

V/H/S/2 Trailer:
O longa chega aos cinemas americanos no dia 12 de julho desse ano!!!
Aqui nossa crítica ao primeiro filme: V/H/S